Foto: Will Assunção/Jussi Up


Um projeto propõe que a Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa) instale equipamentos eliminadores de ar na tubulação das residências e estabelecimentos comerciais e industriais em Jussiape.

O proposta é de autoria do vereador José Roberto (PSB), subscrita pelos parlamentares por Felipe Souza (PSB), Nilson Gomes (PSB) e Joacira Marques (PSD). O projeto já passou pela Comissão de Constituição e Justiça e nesta semana deverá passar na Comissão de Finanças e Orçamento para depois ser votado pelo plenário.

De acordo com os fabricantes de diferentes marcas, os eliminadores de ar conseguem reduzir em até 30% nos valores pagos na conta de água e não interferem no funcionamento além de aumentar a vida útil dos hidrômetros e tubulações.

Outros pontos chamam atenção do mecanismo que não possuem peças sujeitas ao desgaste e reposição e também bloqueiam a entrada de contaminações externas.

Segundo o texto, todos os consumidores dos serviços de água no município teriam o fornecimento e instalação gratuita do eliminador de ar em cada unidade independente servida por ligação de água.

Caso não fosse cumprido pela Embasa o que está previsto no projeto, a empresa teria que oferecer um desconto equivalente a 40% do valor da conta de água, até que sejam feitas as instalações, sob pena de pagamento de multa mensal no valor de R$ 200,00 por hidrômetro ativo no município.

José Roberto defende a instalação do aparelho a partir de um estudo feito pela Escola Federal de Engenharia de Itajubá (MG), fabricante de um dos aparelhos disponíveis no mercado. 

A instituição garante que sua instalação significaria uma economia de 35% nas contas de água, ressaltando que esse percentual pode variar de uma região para outra, de acordo com a  frequência das interrupções no fornecimento de água. 

publicidade

publicidade