publicidade

Foto: Divulgação

O governador da Bahia Rui Costa anunciou nesta terça-feira (16) toque de recolher em todo o estado, das 22h às 5h, por sete dias, com possibilidade de prorrogação.

A medida passa a valer na sexta-feira (19) e inclui todos os municípios baianos, com exceção das regiões Oeste, Irecê e Jacobina, onde as taxas não estão elevadas. A decisão foi tomada hoje após reunião do governador com prefeitos.

Os estabelecimentos comerciais e as pessoas que descumprirem o toque de recolher, que será adotado por sete dias na Bahia a partir de sexta-feira (19), serão indiciadas pela polícia por crime contra a saúde pública, confirmou o governador da Bahia, Rui Costa (PT), nesta terça-feira (16).

“A polícia vai autuar por crime contra a saúde e ordem pública. As pessoas serão conduzidas à delegacia, registrado o procedimento e encaminhado ao Ministério Público para abertura de processo criminal. Também será solicitado a cada prefeitura que casse o alvará de funcionamento dos estabelecimentos que desrespeitem os decretos e, eventualmente, pedir ordem judicial para fechamento desses pontos comerciais”, disse o governador.

O decreto será publicado no Diário da quarta-feira (17). Atividades comerciais não essenciais estão proibidas a partir do início do toque de recolher. De acordo com Rui, é uma forma “de conter o avanço desse número alarmante que, se continuar crescendo, irá levar ao total colapso do sistema de saúde”.

publicidade

publicidade