Foto: Will Assunção/JUP

Os conselheiros e auditores da Segunda Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios aprovaram nesta terça-feira (13) na íntegra, sem a indicação de qualquer ressalva pela relatoria, as contas da Câmara de Jussiape, referentes ao exercício de 2019, da responsabilidade do presidente Jadiel Mendes (PSD).

Foram aprovadas com ressalvas contas de outras 12 câmaras, todas referentes ao exercício de 2019. Alguns dos vereadores foram penalizados com multas que variam de R$ 1 mil a R$ 4 mil, em razão das ressalvas apontadas nos relatórios técnicos por causa de irregularidades e erros formais.

CONTAS APROVADAS
Aprovadas com ressalvas as contas de Iraquara, de responsabilidade do vereador Valmir Alves de Oliveira; Santa Luzia, de Leonel Eleutério de Oliveira Filho; Cordeiros, de Fabiano Gomes de Souza; Jaguaripe, de Adeilton Santos Almeida; Ruy Barbosa, de Ronne Alves Carvalho; Camacã, de Lauro Antônio Ferraz; Conceição do Almeida, de Adenildo Santos Lopes; Igaporã, de Gerson Pereira Reis; Central, de Valdir Belarmino da Silva; Planalto, de Flávio Nogueira dos Santos; Érico Cardoso, de Antônio Carlos Oliveira; e Barra do Mendes, de Suely Neto Santos.

Os gestores das quatro últimas câmaras, apesar dos reparos feitos às contas, não foram penalizados com multas.

publicidade

publicidade