Ads Top

Qual o perfil das vítimas da Covid-19?

COM INFORMAÇÕES DO G1


A idade média das vítimas até agora é 66 anos, mas há entre os mortos jovens que tinham menos de 30 anos e também pessoas sem doenças prévias relacionadas (comorbidades) que predispõem o paciente a desenvolver um caso grave.

A maioria das pessoas com Covid-19 apresenta sintomas leves, a ponto de muitas vezes nem conseguir identificar o problema.

O primeiro paciente a morrer era um homem de 62 anos com histórico de diabetes, hipertensão e hiperplasia prostática — um aumento benigno da próstata.

Um bebê de Natal (RN) que morreu apenas cinco dias após o nascimento é a mais jovem vítima da doença no Brasil. No interior do Ceará, um bebê de três meses de idade também não resistiu à doença.

Também entre os mais jovens que morreram com a doença estavam, por exemplo, um adolescente de 15 anos, uma mulher de 28 que havia dado à luz dias antes e um rapaz de 23 anos. Entre os mortos, havia também grávidas como a fisioterapeuta Viviane Albuquerque, que tinha 33 anos e estava no 32º mês de gestação.

Até a última terça-feira (7), tinham sido confirmadas ao menos oito mortes de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem com diagnóstico de Covid-19.

Outras 11 mortes de profissionais da área seguiam sendo investigadas, segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Confen). Entre os profissionais de saúde mortos, estava uma técnica de laboratório de Goiás de 38 anos, uma técnica de enfermagem de Pernambuco de 55 anos e o médico de São Paulo chefe da urgência clínica da Unifesp.


Tecnologia do Blogger.