Ads Top

Pai de jussiapense morto com coronavírus é internado em SP em estado agravado

COM INFORMAÇÕES DA FOLHA DE S PAULO

Foto: Reprodução

Quatro familiares que moravam na mesma casa que o porteiro aposentado Manoel Messias Freitas Filho, 62 anos, primeira vítima letal pelo coronavírus no Brasil, estão internados com sintomas da doença, afirma o advogado da família Roberto Domingues Júnior, segundo informou a Folha.

Segundo o advogado, que representa a família do aposentado, o pai, de 83 anos, e a mãe, de 82 anos, foram internados nesta quarta-feira (18) em hospital da rede Prevent Senior. O pai, segundo o defensor, está em estado mais grave. Já a mãe foi hospitalizada por prevenção em razão da idade.

Um irmão de 62 anos e uma irmã do porteiro aposentado estão internados em hospital da rede pública com sinais de gripe. Outra irmã está na casa da família, no Paraíso (zona sul de SP), em quarentena.

O defensor conta que o aposentado tinha diabetes e hipertensão e começou a sentir os sintomas do covid-19 no dia 10. Ele procurou ajuda médica, no hospital Sancta Maggiori, perto de sua casa, quatro dias depois. Foi internado de imediato na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), onde morreu na última segunda-feira (16).

Ele afirma ainda que a família “não faz ideia” de como o aposentado contraiu o vírus, pois era uma pessoa caseira e não frequentava lugares com concentração de pessoas. O defensor disse também que os parentes só ficaram sabendo que o porteiro tinha covid-19 após a sua morte.

Tecnologia do Blogger.