Header Ads

LightBlog

Alimentos arrecadados durante gincana são doados a famílias carentes

Foto: Will Assunção/JUP

Mais de uma tonelada de alimentos arrecadados em uma prova da 4ª Gincana Cultural do CEHM por estudantes estão sendo doados a famílias carentes do município. Itens de higiene também foram recolhidos para a doação.



Os estudantes do ensino médio do Colégio Estadual Horácio de Matos, em Jussiape, participam da competição, que tem como tema saúde física, mental e social. O evento estudantil teve início no último dia 6 de novembro e foi até a próxima quarta-feira (27).

Entre os dias 26 e 27, os estudantes do 1º, 2º e 3º ano realizaram as principais provas previstas no regulamento da gincana. A apresentação das provas foi aberta ao público e contou com a participação de ex-alunos, professores de outras escolas além e de membros da comunidade.

O evento pedagógico envolveu alunos, professores e funcionários dos turnos matutino e vespertino além de colaboradores da comunidade convidados pelas equipes. A gincana teve como objetivo estimular o desenvolvimento dos pilares da educação: aprender a conviver, a fazer, a pensar e a conhecer, a ser, a empreender e a transcender.

Durante a gincana, diferentes tarefas foram realizadas, envolvendo conteúdo das disciplinas regulares. Cada prova teve o intuito de promover a integração entre estudantes, professores, funcionários, pais e comunidade, integrando a escola, família e comunidade. A ideia foi desenvolver o espírito participativo como atitude positiva e enriquecedora da formação do cidadão, além de valorizar aspectos culturais, ecológicos, lúdicos, sociais e comunitários, exercitando o espírito de liderança e motivacional.

Os alunos se prepararam por meio de pesquisas e estudos em torno do tema proposto. Divididos em três equipes – Branca, Verde e Vermelha – os estudantes se depararam com desafios nas provas ligados aos temas que envolvem diretamente o tema saúde, mas sempre permeando a cultura, arte e atividades que vão além dos muros da escola, a partir de ações socioculturais, pesquisas e trabalhos de campo.

As provas variaram de apresentação de coreografia à reprodução, em forma de teatro, de uma cena de um filme marcante. Aula de aeróbica, piadas e composições de mesas com alimentos benéficos à saúde também foram previstas para os dois dias.

As atividades visaram desenvolver e fortalecer o intelecto, a percepção sonora, espacial e estética, além da capacidade inventiva e a interação social, promovendo a capacidade cognitiva com outras linguagens e diferentes manifestações artísticas.

As três equipes foram consideradas vencedoras após interpretação mais ampla e irrestrita do regulamento.