Header Ads

LightBlog

O que argumentar na redação do Enem 2019

Will Assunção

O tema da redação do Enem 2019 foi inesperado. Ao abordar a “Democratização do acesso ao cinema no Brasil, o inscrito se deparou com um tema social, ligado à cultura, que apesar de fazer parte da vida de milhões de estudantes brasileiros, não foi debatido amplamente pela sociedade no sentido de o acesso à cultura ser um direito. No entanto, é possível perceber que há uma discussão pujante envolvendo artistas e toda a classe ligada à produção cinematográfica, de um modo geral, sobre o cinema ser uma expressão relevante para exercer a cidadania em qualquer nação.

O tema desta edição pode ter gerado dúvidas entre os candidatos justamente por envolver a possibilidade de diversas interpretações. O candidato poderia tanto falar do cinema como importante expressão artística, como instrumento cultural do livre exercício da cidadania, quanto da necessidade de o espaço de exibição dessa arte ser acessível.

A melhor argumentação é, ainda ao meu ver, apontar para a defesa da democratização da cultura no Brasil, levando em conta o contexto social, como, por exemplo, a exclusão de determinadas parcelas da sociedade do acesso aos espaços dedicados à arte.

E A INTERVENÇÃO?
Sem medo de errar, o inscrito poderia propor leis de fomento à cultura e investimentos em diversos setores e órgãos. Abordar a Lei Rouanet e a precarização da Ancine também caberia no mesmo parágrafo – o da conclusã0. Não se esquecendo de abordar o preço do ingresso – como um dos fatores que impossibilitam o acesso ao cinema – e do incentivo à arte como produto que deve ser consumido por toda a população de um país.