Header Ads

LightBlog

Antonio Landulfo Neto será homenageado com título de Cidadão Conquistense

Foto: Reprodução

O educador e empresário Antonio Landulfo Luz Neto, nascido em Jussiape, será homenageado no dia 6 de novembro com o Título de Cidadão Conquistense 2019.

Na oportunidade, 46 pessoas nascidas em outros municípios serão homenageadas em uma cerimônia realizada pelo Legislativo na Câmara de Vitória da Conquista.

Antonio Landulfo Neto, filho do ex-prefeito Almir Silva Luz, morto em 2018, e irmão do ex-prefeito Adailton Silva Luz Sobrinho, saiu de casa aos 11 anos e mudou-se precocemente para Salvador, onde obteve sua educação básica. Chegou a Vitória da Conquista em 1996, onde concluiu o segundo grau e se preparou para o vestibular.

Em 1999, Landulfo Neto foi aprovado no vestibular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), onde se formou em Administração. Com curso de MBA em Gestão em Auditoria e Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Antonio Landulfo Neto cursa atualmente mestrado como aluno especial nos programas de educação e ensino.

Em 2001, ainda como acadêmico do curso de Administração, fundou o Instituto Educacional Sêneca, inicialmente voltado para pré-vestibulares e Enem, quando assumiu o papel de gestor educacional e empresarial.


Quatro anos após a fundação do projeto educacional, em 2015, o Sêneca alcançou reconhecimento nacional, chegando a ser premiado como melhor empresa de educação da Bahia pela introdução de práticas baseadas nos critérios de excelência da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), com iniciativas do Sebrae, do Grupo Gerdau, da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e da Associação Baiana para Gestão Competitiva.

O empresário difunde que valores agregados à marca, como a credibilidade que o empreendimento carrega diante dos pais de estudantes não apenas da cidade, mas do sudoeste baiano. “As pessoas percebem que com o trabalho de excelência realizado e pela grande a massiva aprovação, não havia mais necessidade de enviar seus filhos à capital. Diminuindo custos financeiros e realizando mais sonhos.

São mais de cem aprovados em medicina em instituições públicas todos os anos e mais de 400 aprovações nos demais cursos. “A marca Sêneca sempre incentiva a universidade pública, porque além de gratuita, possui as melhores notas no Enad. Isto tem modificado o comportamento da cidade e da região. Grande motivo de orgulho da família Sêneca.

Motivo de grande orgulho nosso também são nossos concursos de bolsas, que além de contemplar todas as classes, temos concursos específicos para quilombolas, indígenas e alunos de baixa renda. Isso muda vidas”, defende o empresário.

Desde então, Antonio Landulfo Neto passou a se dedicar a temas pedagógicos, que pudessem lastrear sua participação em debates sobre educação, cultura e arte no cargo que ocupava. Mas foi exatamente ao buscar se aprofundar nos estudos que se descobriu como um educador empresário, e não um empresário educador.

Em 2017, assumiu a função de diretor pedagógico institucional e, ainda, com a fundação do Colégio Sêneca, de diretor escolar.

Em Lisboa, Landulfo Neto busca elaborar e desenvolver um projeto de pesquisa sobre estudo comparativo da gestão escolar e práticas pedagógicas entre a Escola Básica da Ponte em Portugal e uma escola brasileira. Assim, como Rubem Alves sonhou sem imaginar que pudesse existir aquela escola, pensa que antes de conhecê-la, já gestava e havia muito de sua prática no Projeto Escola, que hoje desenvolve. Espera que seja um trabalho com sugestivo de aplicabilidade, inclusive, na gestão das políticas públicas.