Header Ads

LightBlog

Microtratores beneficiam associações em Jussiape

Foto: Divulgação

O secretário de Governo, Administração, Agricultura, Meio Ambiente e Turismo Everton Novais anunciou neste sábado (14) dois microtratores que serão destinados às comunidades do Paiol e Carneiro em Jussiape. Novais recebeu os maquinários agrícolas na Feira Agroecológica em Wagner diretamente das mãos do presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) Wilson Dias.

De acordo com o secretário, os maquinários, que serão entregues a duas associações de Jussiape, garantirão maior potencialidade da agricultura familiar no município. “Com Doutor Éder, o trabalho não para”, completou.

Wagner, município da Chapada Diamantina, sedia na sexta-feira (13) e neste sábado (14), a 4ª Feira Agroecológica da Chapada Diamantina e Pré-Jornada de Agroecologia.

O evento, realizado no Assentamento São Sebastião de Utinga e dedicado à agricultura do interior do Estado, é promovido pelo Colegiado de Desenvolvimento Territorial da Chapada Diamantina, com o apoio do Governo do Estado, por meio da CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e de órgãos estaduais, instituições públicas municipais e organizações da sociedade civil.

Na abertura do evento, 24 microtratores, com implementos e duas pick-ups, foram entregues a associações comunitárias, cooperativas e sindicatos de trabalhadores rurais dos municípios de Andaraí, Ibicoara, Iramaia, Novo Horizonte, Nova Redenção, Mucugê, Ibitiara, Piatã, Utinga, Lençóis, Seabra, Wagner, Jussiape e Barra da Estiva.

O presidente da CAR, Wilson Dias, reforçou que a estratégia do Governo do Estado é fomentar o desenvolvimento rural dos municípios a partir do investimento na agricultura familiar. “Com os microtratores será possível ampliar área plantada, e as famílias vão ampliar também a diversidade de produtos que cultivam. Nosso papel é estimular o crescimento da produção rural em cada município”, afirmou.

Com recursos oriundos de emendas parlamentares e um investimento da ordem de R$ 466 mil, as ações têm como objetivo melhorar as condições de trabalho e a vida das famílias que vivem da agricultura familiar na Bahia, possibilitando maior produtividade e condições de sustentabilidade, além de fortalecer e dinamizar a economia local.

O coordenador do Colegiado Territorial, Wilson Pianissola, destacou a importância das ações realizadas por meio de parcerias. “Do ano passado para cá, são mais de R$ 15 milhões que foram aplicados em nosso território. As cooperativas estão se fortalecendo, fazendo seu processo de industrialização e de comercialização”, pontuou.