Header Ads

LightBlog

Contrariado, Brandão diz ter sido único vereador que pediu voto para José Rocha

Foto: Will Assunção/JUP

Edilando Brandão (MDB) se mostrou descontente com as reviravoltas da política. Na sessão da última sexta-feira (13), o emedebista disse ter sido o único vereador que pediu voto, durante campanha eleitoral, para o deputado federal José Rocha (PL).

Brandão argumentou que “nada mais justo do que o vereador que vos fala gozar desse tipo de presente para o município, mesmo porque quem deu a cara para bater pelo deputado foi esse vereador”. O vereador justifica sua fala ao dizer que “não é justo eu roer o osso, e na hora de comer a carne, são os outros que comem”.

Brandão ainda alegou que foram pouco mais de 200 votos destinados ao parlamentar nas urnas. “A mesma quantidade que eu tive”, explicou.

A fala do vereador culmina o surgimento do nome do deputado federal nos discursos do prefeito de Jussiape Éder Jakes (PP). Ao se referir ao deputado a quem mantinha apoio, o emedebista afirmou que ao visitar eleitores, “o prefeito já o tinha rebaixado”.

‘CAJADO FICOU PARA TRÁS?’
“Hoje, (José Rocha) já é um bom (deputado)? Eu não entendo. Cajado ficou para trás?”, questionou Edilando Brandão. No entanto, o vereador disse que as consequências positivas do apoio ao deputado é um “mérito” da situação.

“Mesmo eu não apoiando as coisas que José Rocha fez, é bom que se traga obras. Eu fiquei feliz por ele entregar dois tratores e uma caçamba”, completou.