Header Ads

LightBlog

6ª Conferência Municipal de Assistência Social é realizada em Jussiape

Foto: Will Assunção/JUP

Na última quinta-feira (29), a 6ª Conferência de Assistência Social foi realizada em Jussiape pelo Conselho Municipal de Assistência Social, por meio da Secretaria de Assistência Social e da Prefeitura Municipal de Jussiape. O tema desta edição foi “Assistência social: direito do povo, com financiamento público e participação social”.

O encontrou contou com a participação da secretária de Assistência Social de Jussiape, Eulina Caires; do presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Natanael Gama Teixeira; do secretário de Finanças de Jussiape, Edimilson Novais e do secretário de Governo e Administração Éverton Novais.

O prefeito de Jussiape Éder Jakes (PP), o presidente da Câmara de vereadores Jadiel Mendes (PSD) e a vereadora Vanusa Medrado (PRP) também participaram do encontro.

O evento foi realizado no Espaço Renascer, na Avenida São José, no Centro. O espaço recebeu uma exposição do Grupo Gaia, batizada de “Um olhar sobre Jussiape”. O projeto reuniu fotografias de autoria de Miguel Bartilloti e de adolescentes que integram o projeto. As fotografias expostas retratam o município por diversas perspectivas.

A conferência contou ainda com a participação de Cláudio Rodrigues Passos da Cunha, diretor da GS Consultoria e Assessoria em Gestão Pública; da assistente social Jozane Castro; da psicóloga Jucélia Caires, além da equipe da Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do padre Gilvânio de Almeida.

Beneficiários da política de assistência social e diretores de instituições de ensino também estiveram presentes. O evento reuniu também agentes comunitários de saúde, enfermeiros, conselheiros tutelares, representante de associação e professores, além de observadores e outros participantes. O evento reuniu em torno de 150 pessoas.

O objetivo da conferência foi o de ampliar o debate sobre o tema, com participação da sociedade civil e entidades públicas, para elaboração de propostas e políticas públicas voltadas para a assistência social. A programação teve início por volta das 7h com o credenciamento dos participantes, e em seguida, às 8h30, a composição da mesa. As apresentações da oficina de balé do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, como “A bailarina” e “Caixinha de Música”.

Um varal, do Grupo de Pessoas Idosas, expôs palavras que expressam o significado do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para esses usuários. Uma leitura de um texto sobre o serviço foi lido por uma participante.

Analia Claudia Rodrigues Prazeres, assistente social, que já atuou como coordenadora de Capacitação e Educação Permanente na Superintendência de Assistência social da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia, entre 2011 e 2015, palestrou sobre a “Assistência social: direito do povo, com financiamento público e participação social”.

Ainda na Conferência, grupos de trabalhos foram divididos em três eixos para discussões temáticas por cada eixo. Houve em seguida a aprovação das propostas. A deliberação e a eleição dos delegados para a 12ª Conferência Estadual ocorreram em seguida.