Header Ads

LightBlog

‘Para mim não foi surpresa’, diz José Roberto sobre valor das licitações divulgadas pela Prefeitura de Jussiape

Foto: Will Assunção/JUP

“Para mim não foi surpresa nesta semana as licitações que foram divulgadas” no Diário Oficial do Município, disse o vereador José Roberto (MDB) na sessão de encerramento do quinto período do terceiro ano legislativo, na última sexta-feira (14).

O emedebista mencionou uma empresa de material de construção, que, supostamente, seria do primo da primeira-dama Hilda Rejane. “Vai se gastar 2 milhões com material de construção”, afirmou o parlamentar.

“É muita lâmpada, é muito fio para o nosso município”, completou o vereador. “Só de ICMS que Livramento deve arrecadar em licitação soma-se mais de R$ 200 mil”, pontua o vereador. José Roberto citou Mallone Pereira que, como empreiteiro, teria recebido R$ 18 mil. O emedebista também mencionou a quantidade de carros locados pela Prefeitura de Jussiape. “Daqui a cinco, dez anos, nós vamos pagar caro por isso”, disse.

“Estou cansado de denunciar esse tipo de coisa. Nós levamos muita coisa para o Ministério Público, e teremos que levar para averiguar este tipo de coisa, já que a Câmara não toma providência, que pelo menos o Ministério Público, que também é um poder, tome conhecimento desse tipo de coisa”, cravou José Roberto.

O vereador lamentou a ausência do prefeito na última sessão do período e afirmou que o São João de Jussiape será um evento muito caro. José Roberto também questionou os mesmos vencedores das licitações dos festejos juninos em Jussiape.

Acerca dos questionamentos feitos por José Roberto, o presidente da Câmara Jadiel Mendes (PSD) alegou que em Caraguataí foram construídas de cinco salas de aula. Além de mencionar “cinco ou seis aulas de uma creche”. Para Mendes, no entanto, o que foi anunciado “está tendo sentido no valor do repasse”.