Header Ads

LightBlog

Espetáculos celebram Dia das Mães em Jussiape

Foto: Will Assunção/JUP

Na última quinta-feira (9), diversos espetáculos foram apresentados ao público na praça Jandira Alencar, em Jussiape. O evento, realizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), por meio da Secretaria de Assistência Social e da Prefeitura Municipal, reuniu mais de 300 pessoas em uma comemoração ao Dia das Mães.

As atividades artísticas apresentadas culminaram a celebração da data pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes, dos grupos Passos Encantados, Fadas de Primavera, Reino Encantado, Futuro do Amanhã, Arte e Saber e Grupo GAIA, que tem como técnica de referência a psicóloga Jucélia Caires.

Na ocasião, lembrancinhas foram distribuídas para as mães presentes no evento pela primeira-dama Hilda Rejane. O evento contou também com a presença da secretária de Assistência Social Eulina Caires e da equipe da Secretaria, da coordenadora do Cras Hellen Silvina e de funcionárias do Centro. 

Por volta das 19h, uma apresentação de balé, com crianças de 3 a 6 anos, do grupo Passos Encantados, abriu a noite de espetáculos. Em seguida, o grupo Fadas de Primavera, com crianças de e adolescentes de 3 a 14 anos, encantou o público com uma coreografia ao som da música “Alegria”. As apresentações, que abriram a noite de espetáculos, foram dirigidas pela educadora social Flor Violeta, que é coreógrafa e bailarina.

O palco foi tomado pelo grupo Reino Encantado, com crianças e adolescentes de 7 a 14 anos, que apresentaram uma coreografia com a música “Caribbean Blue”, também dirigida pela bailarina e atriz Flor Violeta, formada em Dança pela Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Uma apresentação teatral do grupo Gaia, encenada por adolescentes e dirigida pelo educador social Miguel Bartilotti, artista de multilinguagens, que se apresenta como músico, intérprete-criador, artista plástico, fotógrafo, cineasta, ator, autor e diretor teatral, poeta, arte educador coleciona diversas formações acadêmicas, como Filosofia (UFBA), Geologia (UFBA), Desenho e Plástica (UFBA) e Artes Plásticas (UFBA).

Antes do último espetáculo, os grupos Arte e Saber e Futuro do Amanhã, com crianças e adolescentes de 7 a 14 anos, de Caraguataí, dirigida pela educadora social Micaelle Marques, profissional de Educação Física, se apresentaram no palco do evento. A canção “Se eu não te amasse tanto assim” foi a escolhida para ecoar na voz de um coral.

De volta ao palco, a bailarina Flor Violeta finalizou a noite com o espetáculo “Sons e Sombra”. A performance de Violeta consistiu em um recorte de um espetáculo de dança contemporânea, como ela mesma explicou ao público.