Header Ads

LightBlog

As expressões ‘é de longe’ e ‘nem de longe, nem de perto’


Segundo o dicionário da Academia das Ciências de Lisboa:

De longe: (locução adverbial) [...] usa-se precedida pelo verbo ser, em frases comparativas, com o sentido de superioridade absoluta; mais do que qualquer outra coisa ou pessoa. Exemplos: É de longe o meu melhor amigo. Este foi o vinho que, de longe, se vendeu melhor este ano.

Nem de perto nem de longe ou nem de longe nem de perto: (locução adverbial; de forma nenhuma ou de maneira nenhuma); usa-se em frases negativas para enfatizar que não é assim, que não é o caso. Nem pouco nem mais ou menos.