Header Ads

LightBlog

Juscelino Carvalho relata drama vivido pelo neto e agradece doações ‘de todos que ajudaram’

Foto: Divulgação/Will Assunção/JUP/Editoria de Arte da JUP

O vereador Juscelino Carvalho (PRP) agradeceu, na sessão da última sexta-feira (22), à população de Jussiape e todos os que contribuíram com doações para que o seu neto, Lucas dos Santos Souza de Carvalho, com menos de um ano, fosse transferido em uma UTI aérea de Vitória da Conquista, onde esteve internado em uma UTI pediátrica, para Salvador, onde fará uma cirurgia no coração, quando se curar de uma pneumonia.

A família ressalta que todo o valor arrecadado servirá para o tratamento que a criança – diagnosticada com sopro no coração – precisará após a cirurgia. Atualmente, Lucas está internado em uma UTI do Hospital Santa Isabel em Salvador.

Lucas, que possui síndrome de Down, requer cuidados especiais, como informou o médico responsável pelo atendimento do bebê. A criança deve ser acompanhada por um cardiopediatra e médicos especialistas por toda a sua vida.

O bebê Lucas sofre de cardiopatia, segundo informou uma familiar à Jussi Up, e deverá seguir com um tratamento pós-operatório com acompanhamento de um fisioterapeuta e fonoaudiólogo, além de ter que ser vacinado, devido à cardiopatia, já que o plano não custeia essa parte do tratamento.

“Estamos passando por um deserto de dor”, disse o vereador.



O parlamentar revelou que o apoio da comunidade jussiapense foi fundamental para conseguir transportar Lucas até Salvador. “Na hora em que pediram o dinheiro para fazer a transferência, a gente já não tinha dinheiro mais. Nós sentamos e choramos na sala. Foi triste para a gente”, relatou Juscelino Carvalho.

O vereador afirmou que tentou vender o Mangueirão, imóvel localizado na Avenida São José, na área central da cidade, pelo valor do transporte. “Eu só queria garantir a vida do meu neto”, disse.

Mesmo sendo vereador, ele declarou que “se tivesse dinheiro, não estaria pedindo ajuda”. E completa ao dizer que “eu sou humilde, eu tenho humildade de estar pedindo ajuda quando eu preciso. Só tenho agora a agradecer ao povo jussiapense e a todos que ajudaram”, finalizou.