Header Ads

LightBlog

Em Jussiape, o pôr do sol tem gosto de bossa nova

Foto: Will Assunção/JUP

Nos últimos dias, a Chapada Diamantina tem sido agraciada com pores do sol em tons vermelhos-alaranjados. Nesta segunda-feira (14), eu, como fotógrafo da Jussi Up, registrei o fim de tarde no centro de Jussiape, típico do verão do Nordeste.

O adeus a mais um dia – e a saudação ao nascer da noite – sempre tem um sabor especial, e também particular para cada um que encara o pôr do sol como um ritual sagrado. Para mim, tem gosto de bossa nova. É como o Samba da Benção, de Vinicius de Moraes ou Samba de Verão, na voz de Caetano.

Porque aqui a gente tem certeza de que é melhor ser feliz do que ser triste. E acredita que querer a vida sempre assim com alguém perto de nós até o apagar da velha chama. Há também de querer um cantinho e um violão, um amor, uma canção pra fazer feliz a quem se ama, mas da janela ver o [nosso] Corcovado, que lindo!