Header Ads

LightBlog

Sinonímia, antonímia, homonímia e paronímia


SINONÍMIA
É o processo muito utilizado por falantes de uma língua. Quando não queremos repetir o mesmo termo ou palavra a todo o momento? Uma das maneiras de sanarmos esse problema é com uso de sinônimos.

Por exemplo, se digo: “Passe um dia na minha casa” e quiser referir-me novamente ao termo sublinhado “casa”, posso lançar mão de um sinônimo para não o ter que repetir: “Passe um dia na minha casa e verá como meu lar é aconchegante”.

Para saber se o candidato domina mais esse subterfúgio da Língua Portuguesa, a banca pede a ele que substitua palavras ou termos retirados do texto e assinale em qual opção encontram-se aqueles que não alteram o sentido, ou os que alteram.

Para se resolver esse tipo de questão é importante que o candidato tenha certo domínio lexical, ou seja, que conheça muitas palavras, o que é possível conseguir por meio de muita, mas muita leitura. Pode-se ler de tudo. Jornais, revistas, livros, bulas de remédio, outdoors, placas de trânsito… o fundamental é ser um leitor crítico, aquele que busca informação, que reflete a respeito.

ANTONÍMIA
Nada mais é do que palavras que possuem significados contrários, como largo e estreito, dentro e fora, grande e pequeno. O importante, aqui, é saber que os significados são opostos, ou seja, excluem-se.

HOMONÍMIA
É a identidade fonética e/ou gráfica de palavras com significados diferentes.

Existem três tipos de homônimos:

Homônimos homógrafos – palavras de mesma grafia e significado diferente.
Exemplo: jogo (substantivo) e jogo (verbo).

Homônimos homófonos – palavras com mesmo som e grafia diferente.
Exemplo: cessão (ato de ceder), sessão (atividade), seção (setor) e secção (corte).

Homônimos homógrafos e homófonos – palavras com mesma grafia e mesmo som.
Exemplo: planta (substantivo) e planta (verbo); morro (substantivo) e morro (verbo).

PARONÍMIA
É a semelhança gráfica e/ou fonética entre palavras. É o caso dos pares de palavras anteriormente expostas.

Outros exemplos de parônimos:
Acender (atear fogo) ascender (subir), acento (sinal gráfico) assento (cadeira), acerca de (a respeito de) a cerca de (distância aproximada) há cerca de (aproximadamente).