Header Ads

LightBlog

Pronominalização clítica e oblíqua


As hipóteses de pronominalização dos complementos indireto e direto são, respectivamente:

a) O ancião contar-lhes-ia/transmitir-lhes-ia a história.
(Pronominalização do complemento indireto, aos ouvintes)

b) O ancião contá-la-ia/transmiti-la-ia aos ouvintes.
(Pronominalização do complemento direto, a história)

c) O ancião transmitir-lha-ia.
(Contracção dos pronomes clíticos dativo e acusativo (também designados por pronomes átonos, complemento direto e complemento indireto)

A transformação oblíqua refere-se à transformação do pronome reto da estrutura profunda em pronome oblíquo tônico na estrutura superficial, quando este estiver antecedido de preposição, constituindo um SP C ou SP A.

Mário trouxe estes presentes para mim/ti

É possível também a permuta de posição, dentro do SV, entre o SN e o SP C. Pode ocorrer ainda a cliticização, que implica o apagamento da preposição:

Mário trouxe para mim este presente >> Mário trouxe-me este presente.

Transcrevemos abaixo a tabela de contrações de pronomes clíticos apresentada por Celso Cunha e Lindley Cintra, na Nova Gramática do Português Contemporâneo.

Me, te, nos, vos, lhe, lhes (formas de objeto indireto) juntam-se a o, a, os, as (de objeto direto), dando:

mo = me + o

to = te + o
lho = lhe + o

no-lo = nos + [l]o

vo-lo = vos + [l]o

lho = lhes + o

ma = me + a
ta = te + a

lha = lhe + a

no-la = nos + [l]a

vo-la = vos + [l]a

lha = lhes + a

mos = me + os
tos = te + os

lhos = lhe + os

no-los = nos + [l]os

vo-los = vos + [l]os

lhos = lhes + os

mas = me + as
tas = te + as

lhas = lhe + as

no-las = nos + [l]as

vo-las = vos + [l]as

lhas = lhes + as