Header Ads

LightBlog

Com domiciliar, morar, residir, situar uso à ou na?


Com os verbos domiciliar, morar, residir, situar e com os adjetivos domiciliado, estabelecido, morador, residente, sempre surge a indagação de como se deve dizer na sequência: a) À Rua Tal; ou b) Na Rua Tal?

A regência de residente e domiciliado é a preposição em, que transmite a localização espacial ou geográfica. A frase correta é, por isso, Fulano de Tal, residente e domiciliado na rua Joaquim de Souza. No entanto, residente e domiciliado têm um significado comum: que fixou residência, residente. Como tal, não há necessidade de usar ambas as formas na frase:

Fulano de Tal, residente (ou domiciliado) na rua Joaquim de Souza.

Há diversos autores que defendem como correta a construção com um complemento indicativo de lugar regido pela preposição em. Ex.: Ele mora na Rua do Ouvidor.

Vários outros gramáticos defendem que a construção com a preposição a também é de bom cunho português. Ex.: Ele mora à Rua Áurea.

Ante o peso e os argumentos de ambas as correntes de gramáticos, há de se aplicar o princípio de que, na dúvida, deverão ser permitidas, indiferentemente, ambas as possibilidades de construção, quer com a preposição em, quer com a preposição a.

IMPORTANTE
Ocorre que sito, vocábulo nascido como particípio irregular (já caído em desuso) do verbo situar, deu um jeito de sobreviver como adjetivo, mas tem existência limitada às fórmulas prontas do discurso jurídico. Uma palavra que soa pernóstica e deve ser evitada. Seu sinônimo situado é muito mais elegante.