Header Ads

LightBlog

Brandão lembra que contrato com Embasa termina em 2019 e diz que concessionária cobra ‘taxa caríssima’

Foto: Will Assunção/JUP

Na sessão da última sexta-feira (9), o vereador Edilando Brandão (MDB) lembrou que o contrato entre o município e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) está próximo de terminar. Em 2019, o município deverá decidir se renovará o contrato com a concessionária ou se optará por outro modelo de gestão da água.

O emedebista sugere uma diminuição do tempo de concessão dos serviços à Embasa, caso seja renovado o contrato. O vereador acredita que assim haveria mais garantias da concessionária prestar melhores serviços à população.

Brandão disse também que a Embasa tem cobrado uma “taxa caríssima” no município. “Têm pessoas que usam o mínimo de água, e estão pagando R$ 100, R$ 80. É muito”, disse ao criticar o valor cobrado pelo serviço prestado.

Na ocasião, o parlamentar chegou a mencionar o fato de três famílias tê-lo procurado para reclamar do valor cobrado nas contas de água.

 “Uma empresa que não é séria. Eu afirmo, ela (Embasa) não é séria. Desde o primeiro dia, eu não suporto a Embasa. Ela não trabalha corretamente, e quando ela vê que a cidade é pequena, aí que ela maltrata. Usufrui o que é da gente, e a gente paga caríssimo”, concluiu.