Header Ads

LightBlog

Brandão diz que seu filho teve que esperar por 40 min para ser atendido com febre em hospital de Jussiape

O vereador Edilando Brandão (MDB) Foto: Will Assunção/JUP

O vereador Edilando Brandão (MDB) afirmou, durante discurso na sessão da última sexta-feira (14), que teve que esperar por 40 minutos para que seu filho, com febre de 39,5ºC, fosse atendido na Casa de Saúde Ana Medrado Luz.

“Mais um pouquinho e ele dava convulsão”, disse o emedebista. Brandão relatou ainda que foi recebido por um enfermeiro “típico dono do hospital”.

O vereador afirmou ser um defensor da saúde, no entanto, “a falta de respeito dele [enfermeiro] e da médica que estava lá foi enorme”.

Ao questionar a médica sobre o motivo da demora em atender a criança, ela teria dito, de acordo com o parlamentar, que “ela não sairia correndo do banheiro”. Embora ele alegou que já teria passado aproximadamente uma hora do ocorrido.

“Aqui, eu defendo salário de funcionário da Casa de Saúde, eu defendo melhoria na saúde, mas também quero respeito para com o próximo. Se comigo, que sou um representante da cidade faz isso, imagina com os outros”, pontuou Edilando.

Brandão afirmou que cobrará providências da secretária de Saúde Simone Aguiar, e explica que “eu não poderia deixar de tornar público isso, porque eu repudio”.

Na ocasião, a vereadora Vanusa Medrado (PRP), que também atua profissionalmente na área da saúde, afirmou que, como mãe, se solidariza com o vereador pelo ocorrido, e afirmou que febre é uma emergência. Ela disse que ao vereador estaria no seu direito ao levar o episódio à responsável pela pasta de Saúde.