Header Ads

LightBlog

Lexemas e gramemas: morfemas lexicais e lexemas gramaticas


LEXEMAS OU MORFEMAS LEXICAIS
As palavras que são carregadas semanticamente em relação ao mundo biossocial ou antropocultural constituem os lexemas ou morfemas lexicais da língua portuguesa, são eles: substantivos, adjetivos e verbos.

GRAMEMAS OU LEXEMAS GRAMATICAIS
Quanto ao segundo grupo, trata-se dos morfemas que têm como função apenas relacionar os elementos do primeiro grupo.

Os elementos deste grupo denominam-se gramemas ou morfemas gramaticais, são eles: preposição, conjunção, artigo.

GRAMEMAS INDEPENDENTES: artigos e pronomes possessivos.

Artigos definidos: o(s), a(s); indefinidos: um(ns), uma(s).

Pronomes possessivos: meu/minha, teu/tua, seu/sua, nossa/nossa, vosso/vossa.

Pronomes demonstrativos: este(a), estes(as); esse(a), esses(as); aquele(a), aquele(s), aquela(s).

Pronomes indefinidos: certo(s), certa(s); algum(ns), alguma(s); qualquer, quaisquer; nenhum(ns), nenhuma(s).

Pronomes relativos: que; quem; o(s) qual(is), a(s) qual (is); cujo(s), cuja(s), onde.

Pronomes pessoais do caso reto: eu, tu, ele, nós, vós, eles.

Pronomes pessoais do caso oblíquo: o(s), a(s), lhe(s), me, mim, comigo, te, ti, contigo, se, si, consigo, conosco, convosco.

Quantificadores: numerais , alguns advérbios, como “muito”, “pouco”, “demais”; alguns

GRAMEMAS DEPENDENTES: não têm autonomia vocabular. Esse tipo de morfema gramatical aparece na língua sob a forma de afixos (prefixos e sufixos), vogal temática, desinências nominais (de gênero e número), desinências verbais (de modo, tempo, número e pessoa).

Morfemas lexicais = lexemas.
Morfemas gramaticais = gramemas.

Advérbios nominais = a maioria deles originam-se de um adjetivo + sufixo mente (sutil + mente = sutilmente).

Retomando, então, essa proposta de classificação morfológica, compreendemos que há três classes básicas constituídas por morfemas lexicais, as quais correspondem às classes do substantivo, do adjetivo e do verbo. As demais classes gramaticais têm função apenas gramatical, são os gramemas, que remetem exclusivamente à superfície linguística, constituindo o que se denomina “inventário fechado”, em oposição a “inventário aberto”, relativo aos lexemas.

Morfemas gramaticais: gramemas (inventário fechado, memorizado).

Morfemas lexicais: lexemas (inventário aberto, produtivo da língua).