Header Ads

LightBlog

Funções da palavra ‘SE’


Na morfologia
- Pronome oblíquo átono
Próclise
Mesóclise
Ênclise
Apossínclise

- Cinjunção
Subordinativa integrante
Subordinativa adverbial

1. Pronome apassivador
(Voz passiva sintética ou voz passiva pronominal)
VTD VTDI + se sem sentido reflexivo

Vendem-se casas.
Sujeito paciente com a presença da partícula apassivadora.

Esperava-se que a metrópole fosse menos centralizadora
Sujeito oracional com a presença da partícula apassivadora.

2. Pronome reflexivo
O garoto se cortou com um machado.
Sujeito agente paciente.
Se é, então, pronome reflexivo e objeto direto.

3. Pronome recíproco
Os garotos se espancaram no quintal.
Sujeito agente paciente
Se é, então, pronome recíproco e objeto direto.

4. Parte integrante do verbo
Queixa-se
Acostumar-se

5. Pronome expletivo
A plateia se ria do palhaço
O se apenas existe na oração por motivos da estilista, e não possui função sintática, sendo dispensada a sua existência.

6. Índice de indeterminação do sujeito
(Pronome de indeterminação do sujeito)
Ocorre com: VTI, VL e VI.
O verbo deve vir no singular.

Precisa-se de novos representantes.
Nem sempre se parece bem.
Chega-se a novos lugares com o carro.

7. Conjunção
a) Subordinativa integrante
Joel não sabia/se havia acertado a questão.
A segunda oração completa o sentido da primeira.

b) Subordinativa adverbial condicional
Se houver tempo, lerei a matéria.

c) Subordinativa causal – relaciona-se a já que, uma vez que
Se não tinha competência para o cargo, não poderia ter aceitado a proposta.