Header Ads

LightBlog

Vereadores avaliam alvoroço na internet sobre ambulância do SAMU de Jussiape


Na sessão plenária da última sexta-feira (20), alguns vereadores comentaram sobre as manifestações – as quais dividiram a opinião de parlamentares por ser consideradas entre vários deles uma falsa polêmica – sobre o veículo destinado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) ter ficado guardado em um hospital de Livramento de Nossa Senhora, município vizinho a 49 km de Jussiape, para, segundo declaração do prefeito de Jussiape Eder Jakes (MDB), passar por vistorias, ser emplacado e fazer o seguro total.

O primeiro vereador a se manifestar, Jadiel Mendes (PSD), classificou as críticas contra a decisão de deixar o carro em Livramento como “infantil”. Para Mendes, a ambulância do SAMU de Jussiape não estava operando no município vizinho, mas apenas aguardando a documentação do transporte.

Na opinião do vereador José Roberto (MDB), as manifestações nas redes sociais foram importantes, porque serviu de alerta para a população.

Já para Vanusa Medrado (PRP), houve muitos comentários maldosos vindos de pessoas que se dividem entre: insatisfeitas com o governo e mal informadas. No entanto, a integrante da tríplice do PRP na Câmara expressou estranheza pelo fato da secretária de Saúde Simone Aguiar não ficar a par da situação.

Questionando o fato de o veículo não ser trazido para o município, o vereador Edilando Brandão (MDB) afirma que a decisão é um dos reflexos “de não saber fazer política”.