Header Ads

LightBlog

Não apresenta indicadores de coliformes fecais, diz Vigilância Sanitária sobre água da Embasa

Foto: Will Assunção/JUP

Nesta sexta-feira (13), o coordenador da Vigilância Sanitária de Jussiape Renato Carvalho afirmou no plenário da Câmara de Vereadores de Jussiape que na análise da água consumida pela população do município, realizada pelo laboratório da Base Regional da Saúde de Brumado, não apresentou indicadores de coliformes fecais.

No entanto, o laudo constou a presença de coliformes totais, o que, segundo o coordenador, “não necessariamente quer dizer que há presença de coliformes fecais”.

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), concessionária que atua no município, e a Prefeitura Municipal de Jussiape foram notificadas após o resultado das coletas ter sido considerado insatisfatório, declarou Renato Carvalho.

O coordenador aproveitou a ocasião para esclarecer que o índice aceitável de coliformes totais na água é de uma a cada nove amostras realizadas.

No que diz respeito à qualidade da água consumida pela população do município, o coordenador da Vigilância Sanitária de Jussiape afirmou que o órgão é responsável por monitorar a propriedade da água, porém a inspeção sanitária na concessionária é de competência da Vigilância Sanitária Estadual.

O episódio vivido hoje é um desencadeamento do comentário polêmico feito pelo vereador Edilando Brandão (MDB), na sessão do dia 9 de março, ao afirmar que “estamos bebendo coliformes fecais, vulgo bosta”.

Na sessão plenária do último dia 7, o vereador José Roberto (MDB) abordou o discurso polemizado do colega de oposição, que repercutiu nas redes sociais. “Estamos bebendo bosta mesmo, gente”, afirmou José Roberto.