Header Ads

LightBlog

Artigo definido antes de antropônimos?


A língua portuguesa, em ambas as variedades, português europeu (PE) e português brasileiro (PB), admite o uso facultativo de artigo diante de nomes de pessoas ou antropônimos. Assim, o uso ou não é função da região.

No Sudeste do Brasil, em geral, bem como em Portugal, usa-se; já no Nordeste do Brasil, não é comum. Em consequência disso, as preposições em posição anterior ao antropônimo também serão usadas em conformidade com o uso ou não do artigo.

Segue uma citação da professora e autora de livros sobre usos gramaticais Maria Teresa Piacentini:

[...] (A) Graça pediu que você ligasse para ela.

O artigo pode ser usado junto a um nome de pessoa quando existe familiaridade. Mas em algumas regiões do Brasil dispensa-se o artigo sistematicamente diante do nome da pessoa.

Apesar de algumas pessoas usarem esse argumento de familiaridade, em pesquisas e observações não constei argumentos que levem a essa conclusão.

João Figueiredo pediu para ser esquecido.

Os nomes próprios de pessoas (famosas ou não), quando usados por inteiro, não precisam do artigo.