Header Ads

LightBlog

Análise sintática (9): predicado verbo-nominal


O predicado verbo-nominal é um tipo de predicado que apresenta dois núcleos, sendo que um deles é um verbo, e o outro, um nome (substantivo ou adjetivo).

Dessa forma, ele envolve os outros dois tipos de predicado: predicado nominal (onde o núcleo é um nome) e o predicado verbal (onde o núcleo é um verbo nocional).

Ao mesmo tempo em que esse tipo de predicado indica a ação do sujeito, ele informa sua qualidade ou estado. Dessa maneira, há sempre a presença do predicativo do sujeito ou predicativo do objeto.

O primeiro complementa o sujeito atribuindo-lhe uma qualidade. Já o segundo, complementa o objeto direto ou indireto, atribuindo-lhes uma característica.

Em resumo, o núcleo do predicado verbo-nominal é expresso da seguinte maneira: verbo transitivo ou intransitivo + o predicativo do sujeito ou predicativo do objeto.

Lembre-se que ao lado do sujeito, o predicado é um termo essencial da oração. Ele declara as ações do sujeito da frase, sempre concordando em número e pessoa.

Confira abaixo frases com o predicado verbo-nominal:

Dolores chegou cansada.

Sujeito: Dolores
Predicado verbo-nominal: chegou cansada
Núcleo do predicado: chegou cansada

Fernando chegou ofegante à aula.

Sujeito: Fernando
Predicado verbo-nominal: chegou ofegante à aula
Núcleo do predicado: chegou ofegante

Os alunos saíram do teatro encantados.

Sujeito: Os alunos
Predicado verbo-nominal: saíram do teatro encantados.
Núcleo do predicado: saíram encantados

IMPORTANTE
Para identificar um predicado verbo-nominal, vale observar que o verbo de ação está expresso na frase. No entanto, o verbo que indica estado ou qualidade, permanece oculto.

Para ilustrar, vamos ver o primeiro exemplo:

Dolores chegou cansada.
Chegou: verbo de ação
(Estava) cansada: verbo de estado

Veja que o sentido da frase é esse mesmo: Dolores chegou (e estava) cansada.