Header Ads

LightBlog

Análise sintática (18): adjunto adverbial


O adjunto adverbial é o termo que se refere ao verbo, ao adjetivo e ao advérbio. São classificados em: modo, tempo, intensidade, negação, afirmação, dúvida, finalidade, matéria, lugar, meio, concessão, argumento, companhia, causa, assunto, instrumento, fenômeno da natureza, paladar, sentimento, preço, oposição, acréscimo, condição.

Classificação dos adjuntos adverbiais
Modo - bem, mal, melhor, pior, assim, diferente, igual, felizmente e quase todos terminados em mente.
Felizmente, a criança chegou.

Tempo - hoje, amanhã, ontem, cedo, tarde, ainda, agora.
Ontem jantamos juntos.

Intensidade - muito, pouco, mais, menos, bastante, extremamente, intensamente
Gostamos muito da apresentação.

Negação - não, nunca, jamais.
Não estamos na mesma classe.

Afirmação - sim, certamente, realmente.
Certamente faremos o curso.

Dúvida - talvez, acaso, provavelmente.
Provavelmente chegarei atrasada.

Finalidade - a fim de, para.
Eu me esforcei para a prova.

Matéria - de, a partir de.
O caderno é feito de papel reciclado.

Lugar - aqui, ali, lá, acolá, acima, abaixo, embaixo, dentro, fora, longe, perto, em cima, em casa.
Ficamos em casa.

Meio - por, a, de, entre
Viajamos de carro.

Concessão - todavia, contudo, se bem que, apesar disso.
Saímos, apesar da neve.

Argumento - chega de, basta de.
Chega de brigas.

Além disso, há os advérbios que indicam:

Companhia
(Jantamos com a família);

Causa
(O pássaro morreu de fome);

Assunto
(eles falavam sobre você);

Instrumento
(Ela se feriu com o garfo);

Fenômeno da Natureza
(O Japão foi atingido por um terremoto);

Paladar
(O maracujá estava azedo);

Sentimento
(Natália estava triste);

Preço
(Compramos a boneca por 50 reais);

Oposição
(O flamengo jogará com o fluminense);

Acréscimo
(Além da tristeza, sentia muita dor);

Condição
(Sem aulas, não haverá prova).