Header Ads

LightBlog

Prefeito de Jussiape se reúne com gerente regional da Embasa para tratar da qualidade da água em Jussiape

O prefeito de Jussiape Eder Jakes Foto: Will Assunção/JUP

Na última sexta-feira (2), o prefeito de Jussiape Eder Jakes (MDB) participou de uma reunião, em Caetité, com o gerente regional da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o engenheiro Paulo Humberto Vilasboas Ledo, para tratar sobre a qualidade da água consumida pela população de Jussiape.

Um dos questionamentos de Eder à Embasa diz respeito à diminuição dos caminhões-pipa para Jussiape, que diminui de dois para apenas um, em momentos de situação de emergência.

O prefeito também reivindicou da concessionária a liberação dos serviços manobras, já que em Jussiape não há, segundo o emedebista, a necessidade de retenção, no que concerne à distribuição de água.

Ao que diz respeito à qualidade da água, Emabasa informou que as devidas providências já estão sendo tomadas. A concessionária ainda informou à Prefeitura, segundo nota, que a tonalidade amarelada da água se dá por conta da quantidade de sulfato e pelo processo de decantação, que ainda pode deixar a água com o aspecto pegajoso quando em contato com a pele.

No entanto, a Embasa afirmou que a situação da água tenderá a se normalizar já nos próximos dias. A empresa ainda explicou que orientou os funcionários a limpar os filtros diariamente, assim como dar descargas e liberar a água acumulada na rede de distribuição.

Desde a passagem do SSA de Jussiape para a Unidade Regional de Caetité, em janeiro de 2017, a Unidade vem trabalhando para melhoria dos padrões de qualidade, informou a Embasa.

Estação de tratamento em Jussiape Foto: Will Assunção/JUP

CÂMARA
Com o fim do contrato do município com a Embasa em 2019, os vereadores questionam se, em tese, o tempo de concessão pode ser revisto de 20 para 10 anos, caso o contrato seja renovado com a concessionária de serviços de saneamento básico no ano que vem.

Uma possível diminuição do tempo de concessão estabelecida em contrato poderia servir como fator de garantia de um melhor serviço da empresa à população, indagou o emedebista José Roberto em sessão do último dia 2.

Na última sessão da Câmara, o vereador Raul de Cássio (PDT), que levantou o tema na sessão do dia 23 de fevereiro, destacou a importância de preservar o recurso hídrico no município ao dizer que “a Embasa não está cuidando bem da água”.

No entanto, o pedetista afirmou também que a responsabilidade com a qualidade da água no município “não é de competência do prefeito, e, sim, da concessionária”.

Em janeiro deste ano, após muitas reclamações sobre a qualidade da água em Jussiape, a Prefeitura Municipal de Jussiape solicitou à Embasa, responsável pelo abastecimento no município, uma análise da água consumida pela população.