Header Ads

LightBlog

Last Night


Como um jovem de 2009, eu passo por aquela fase confortável da vida de sair para a night, encontrar e conhecer gente nova e interessante e guardar um pouco aquele velho amor, que tem a sensação de eterno, no bolso do meu terninho anos 1960. A Barra parece nunca perder o seu encanto. Encontrar casais se divertindo, me faz pensar o quanto eu poderia estar rindo por aí, perdendo o fôlego numa noite quente, ser jovem por algumas horas.

Ao passo em que as horas passam, a noite vai chegando ao fim e consequentemente ficando mais fria; todo mundo um-pouco-muito-bêbado se diverte do lado de fora das boates, enquanto a gente vai caminhando para o farol. Alguns se despedem da noite, outros deitam na grama, permitindo que o frio da brisa do mar invada seus corpos nas primeiras horas do dia, agraciados por serem banhados pelos primeiros raios de sol da manhã. Então, começam a passar os primeiros ônibus e todos nós vamos caminhando lentamente para o ponto, sem olhar para trás, como se a vida ainda nos enganasse.