Header Ads

LightBlog

Em viagem a Brasília, prefeito de Jussiape anuncia adesão ao programa Internet Para Todos

Foto: JUP

O prefeito de Jussiape Eder Jakes (MDB) esteve em Brasília, acompanhado do secretário de Administração Everton Novaes, na última semana para a adesão ao programa do governo federal Internet Para Todos, que deverá beneficiar pelo menos oito comunidades rurais de Jussiape, ainda em 2018. As comunidades contempladas foram Carneiro, Cachoeira, Cruz, Espinho, Pitombeira, Paixão, Paiol e São José.

Segundo informou o gabinete do prefeito, as comunidades foram selecionadas pelo próprio Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, sem nenhuma interferência da Prefeitura no momento da escolha.

Durante o anúncio, o prefeito ressaltou a importância de levar internet às comunidades rurais como um importante passo para a democratização ao acesso à internet e inclusão digital. O projeto prevê ainda a instalação de antenas em diversas regiões do município, de modo a distribuir banda larga.

À Jussi Up Press, Eder se mostrou ciente da necessidade de outras comunidades também serem beneficiadas com o acesso à internet banda larga, e afirmou que haverá esforços do seu governo para que após da implantação da primeira etapa, que deverá acontecer até maio deste ano, haja uma ampliação do programa para que novas localidades sejam beneficiadas.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que para que o programa saísse do papel foi preciso de planejamento e um investimento de três bilhões de reais.

MAIS INVESTIMENTOS DO GOVERNO
Em março de 2017, houve o lançamento de um satélite ao espaço – o primeiro administrado inteiramente pelo governo brasileiro. Com seis toneladas e sete metros de comprimento, o aparelho, além de prometer cobertura de internet em 100% no país, ainda pretende alavancar a segurança comunicacional no território nacional.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016, a internet está presente em 63,6% dos lares. O acesso de 94% desses é por meio de aparelho celular.