Header Ads

LightBlog

ANÁLISE MORFOLÓGICA (6): artigo


O artigo definido e indefinido são tipos de artigos. Lembre-se que os artigos representam a classe de palavras que precedem o substantivo de forma que determinam seu número (singular ou plural) e seu gênero (feminino ou masculino).

Dessa maneira, os artigos representam elementos essenciais na construção das frases, visto que mantêm a coesão no texto e ainda, destacam algumas de suas particularidades.

Tipos de Artigos
Os artigos são classificados em:

Artigos Definidos (o, a, os, as): palavras determinam o substantivo de forma precisa.
Artigos Indefinidos (um, uma, uns, umas): termos que determinam o substantivo de forma imprecisa.

Os artigos podem ser combinados com preposições.
ao/aos (a+ o/os)
à/às (a+ a/as)
da/das (de+ a/as)
do/dos (de+ o/os)
na/nas (em+ a/as)
no/nos (em+ o/os)
num/nuns (em+ um/uns)
numa/numas (em+uma/umas)
dum/duns (de+ um/uns)
duma/dumas (de+ uma/umas)

De acordo com sua posição na frase, os artigos podem transformar qualquer tipo de palavra em substantivo, independentemente de sua classe gramatical.

Vamos ao exemplo:
O andar de Elisa é muito sensual. (o verbo andar transforma-se em substantivo).

Os artigos definidos podem ser empregados com o intuito de indicar um conjunto de seres ou uma espécie inteira. Dessa forma, o artigo é empregado no singular, entretanto, faz referência a uma pluralidade de seres.

Vamos aos exemplos:
A alma é imortal. (refere-se ao conjunto de almas);
A goiaba é muito rica em vitamina C. (faz referência a todas as goiabas).

Na construção das frases a utilização dos artigos indefinidos deve ser moderada, de modo que o excesso de seu uso no texto provoca um “inchaço” ou uma “redundância” desnecessária, tornando-o deselegante e “pesado”.

Vamos aos exemplos:
Ter (uma) boa educação é fundamental.

Para uma adequada coesão textual, antes de pronome de sentido indefinido, utiliza-se as palavras como “tal, certo (a), outro (a)”.

Vamos aos exemplos:
Encontrei (uma) certa medalha na cômoda.
Natália, não encontro (um) outro casaco.

O artigo indefinido é usado como recurso expressivo para reforçar enunciados exclamativos.

Vamos aos exemplos:
Foi um presente te encontrar!
A festa estava uma delícia!

No discurso jornalístico

No jornalismo em geral, em chamadas e títulos, a tendência é a supressão dos artigos, principalmente os definidos. Há casos, entretanto, que merecem uma atenção especial:

1) A diferença principal é a intenção de especificar ou generalizar.

Quando estou precisando de trabalho, significa trabalho em geral, qualquer um; quando estou precisando do trabalho, é um determinado trabalho, já citado anteriormente. Fazer referência a leis é fazer referência a leis em geral; fazer referência às leis é referir-se a determinadas leis.

2) Antes de nomes de pessoas, é um caso facultativo: eu tanto posso fazer referência a Paulo quanto ao Paulo. Podemos dizer casa de Paulo ou casa do Paulo. As duas formas são corretas. Há regiões em que o mais frequente é usar o artigo definido; em outras, o mais usual é a omissão; e existem, ainda, regiões onde o uso do artigo definido caracteriza intimidade: casa de Paulo (pessoa não íntima); casa do Paulo (pessoa íntima, da família, muito amiga).

Antes de pessoas famosas, jamais usamos o artigo definido:
Marco Antônio foi o grande amor de Cleópatra.
Romário poderia substituir Ronaldinho.

No jornalismo, não usamos artigo antes de nenhum nome de pessoa, famosa ou não.

3) Antes de pronomes possessivos, é outro caso facultativo. Podemos dizer estamos a seu dispor ou ao seu dispor; esta é minha decisão ou a minha decisão. O artigo definido só é obrigatório se o pronome possessivo estiver sozinho (substituindo um substantivo anteriormente citado): Sua estratégia é melhor que a minha (estratégia).

4) Antes das horas, o uso do artigo definido é obrigatório: Trabalhamos das 8h às 20h. A ausência do artigo altera o sentido. Se trabalhamos de oito a vinte horas, estamos dizendo quantas horas trabalhamos. Não estamos definindo a hora quando começamos a trabalhar nem a hora da saída.

5) Em enumerações, a repetição é obrigatória antes de substantivos que exijam o artigo: O Fluminense já venceu o Vasco, o Flamengo e o Botafogo; Pretende ir ao Paraguai, à Argentina, ao Uruguai e ao Chile.

MAIS
Evite artigos indefinidos nos títulos. Nos textos corridos, muitas vezes o indefinido aparece como muleta. Fuja desse recurso. Se a frase não se altera com o uso de um, uma, uns, umas, é porque o artigo não é necessário.

O indefinido não faz falta e a ausência do artigo deixa o texto mais elegante.

Em vez de: O relator apresentou um substitutivo recuperando a proposta original.
Basta dizer: O relator apresentou substitutivo recuperando a proposta original.

Em janeiro, uma comitiva de senadores foi ao Rio de Janeiro visitar as obras para a Copa.

Em janeiro, comitiva de senadores foi ao Rio de Janeiro visitar as obras para a Copa.

Na prática, a MP causará uma redução salarial de 50% aos médicos e veterinários, por exemplo.

Na prática, a MP causará redução salarial de 50% aos médicos e veterinários, por exemplo.

Veja outros exemplos comuns de uso desnecessário do artigo indefinido:

Ela apoiou (uma) parceria entre União, estados e municípios.
Ele defendeu a criação de (uma) meta de investimento.

A melhoria da qualidade do ensino no país é lenta, gerando (um) apartheid social.
Com (uma) rede de 14 estabelecimentos, o governo potiguar fornece 12.700 refeições.
O programa também assumiu (uma) função educativa.
O Senado foi pioneiro na implantação de (um) sistema de comunicação social.
Os governos buscam (um) modelo de desenvolvimento que não agrida tanto o planeta.
Foi encaminhado (um) documento aos senadores para o texto-base da conferência.
(Uma) comissão de 13 senadores foi nomeada para acompanhar as discussões.
Houve o desenvolvimento de (uma) consciência do meio ambiente.
O Brasil deve assumir (um) papel de liderança na economia mundial.

 Use o artigo indefinido

Para expressar aproximação (antes de numeral).
A sessão durou umas cinco horas.
O orçamento do projeto era de uns 5 milhões.

Para indicar uma categoria ou espécie.
— É preciso saber o que acontecerá com esse pequeno produtor, que pode ser um assentado da reforma agrária, que pode ser um pequeno produtor que adquiriu a sua terra — afirmou a senadora.

Para realçar o substantivo.
O jurista era uma figura notável, um cidadão que se dedicava ao serviço público brasileiro.

 — Esperamos que possamos estar bem estruturados para fazer uma boa e uma grande conferência — disse a ministra.

Para explicar melhor um substantivo já citado no texto.
O desconto brutal é provocado pelo fator previdenciário, uma fórmula instituída em 1999, no governo FHC, para desestimular as aposentadorias precoces.

Para reforçar expressões exclamativas e dar intensidade a afirmações.
— Foi um horror ver aquilo — afirmou a senadora.
— Ele é um orgulho para o país — disse o senador.
— A Conferência Rio 92 foi de um êxito fantástico, foi muito bem recebida no mundo inteiro, muitas medidas foram adotadas.

Em correlações.
O direito da comunicação, é integrar os que estão mais distantes uns dos outros.
Uns deputados se candidatam a prefeito e outros, a vereador.
Vamos buscar consenso que não prejudique uns estados em detrimento dos outros.

Bons usos do indefinido:
O projeto que proíbe que uma mesma pessoa ocupe duas vagas, simultaneamente, em instituições públicas de ensino superior.

A disputa por um lugar no trânsito urbano (título)

Apresentar uma ideia é fácil:
Basta preencher formulário muito simples disponível no portal.

Evite o artigo
Antes de expressões de sentido indefinido, como tal, certo, outro, qualquer, igual, semelhante.

O senador aproveitou fazer um outro pedido à ministra.
O senador aproveitou fazer outro pedido à ministra.

Um outro problema, apontou Torres, é o Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT), do qual o Brasil faz parte.

Outro problema, apontou Torres, é o Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT), do qual o Brasil faz parte.

A senadora garantiu, no entanto, que não está defendendo o fim dos cortes no Orçamento da União, pois acha necessário um certo equilíbrio.

A senadora garantiu, no entanto, que não está defendendo o fim dos cortes no Orçamento da União, pois acha necessário certo equilíbrio.

Aceita-se o artigo quando a expressão indefinida vem depois do substantivo.

O senador pediu um aumento igual para os estados.

Em expressões de quantidade.

O Congresso Nacional recebeu um grande número de visitantes no feriado.

Ele acredita que a conclusão de um pequeno trecho da rodovia já serviria para desafogar o tráfego.

A assembleia deve aprovar uma ampla mudança do regime de migração do país.

O Brasil abriga enorme biodiversidade.

Em comparações.

A nova versão para iPad traz acesso a um maior número de notícias.
Ele cobrou um maior compromisso da sociedade em denunciar desvios na aplicação de verbas públicas.

Em enumerações.
O projeto previa a construção de uma escola, uma creche e um posto médico.
O projeto previa a construção de escola, creche e posto médico.

Logo depois do verbo ser.

Em apostos.