Header Ads

LightBlog

ANÁLISE MORFOLÓGICA (33): verbos intransitivos


Os verbos intransitivos são aqueles que não necessitam de complemento porque têm sentido completo. Por esse motivo, eles conseguem formar o predicado sozinhos.

Exemplos:
Carmem morreu.
Jordana chegou.

Os verbo intransitivos são, muitas vezes, acompanhados de adjunto adverbial ou de predicativo.

Exemplos:
Carmem morreu serenamente.
Jordana chegou satisfeita.

Verbos instransitivos
Adormecer – Finalmente, adormeceu!
Andar – Ela anda.
Brincar – Brincou a tarde toda.
Cair – Caiu.
Casar – Casou ontem.
Chegar – Cheguei!
Chorar – Chorava convulsivamente.
Comparecer – Talvez compareça.
Deitar – Deitaram-se?
Dormir – Durmo.
Errar – Nós erramos.
Escorregar – Escorreguei ali.
Explodir – O botijão de gás explodiu.
Ir – Você vai?
Levantar – Levantou e saiu.
Morar – Mora no exterior.
Morrer – Não morreu!
Nascer – Nasceu forte e saudável.
Sentar – Sentaram.
Sofrer – Sofreu até o fim.
Sumir – Como assim sumiram?
Viver – Vive sozinha.
Voltar – Volta!