Header Ads

LightBlog

ANÁLISE MORFOLÓGICA (19): pronomes possessivos


Os pronomes possessivos indicam posse às pessoas do discurso. Eles variam em gênero e número, conforme as pessoas que detém algo e o número de coisas que elas possuem.

São os seguintes:
1.ª pessoa do singular: meu(s), minha(s);
2.ª pessoa do singular: teu(s), tua(s);
3.ª pessoa do singular: seu(s), sua(s);
1.ª pessoa do plural: nosso(s), nossa(s);
2.ª pessoa do plural: vosso(s), vossa(s);
3.ª pessoa do plural: seu(s), sua(s);

IMPORTANTE
1. O pronome deve concordar com o substantivo mais próximo.
Exemplo: Ainda tenho de tratar dos nossos bilhetes e bagagem.

2. Quando a palavra seu antecede o nome de alguém, a sua função não é a de pronome, neste caso se trata de uma forma reduzida de senhor.
Exemplo: O seu João está em casa?

Vosso ou Sua em Pronomes de Tratamento
Quando estamos falando com a pessoa que recebe o pronome de tratamento utilizamos vossa, no entanto, ao falar com outra pessoa acerca da pessoa que recebe o pronome de tratamento, devemos utilizar sua.

Exemplo:
O carro que levará Vossa Excelência está pronto, informou a secretária.
O carro que levará Sua Excelência está pronto, informou o motorista à secretária.

Outros Empregos
Nem sempre os pronomes possessivos indicam posse. Por vezes, sua utilização pode indicar:

Aproximação numérica, afetividade ou ofensa.

Exemplos:
Há quanto tempo não o vejo, meu amigo.
Volte aqui, seu grande charlatão!

Ambiguidade
Os pronomes possessivos seu(s) e sua(s) geram, muitas vezes, ambiguidade. Para afastar qualquer dúvida que possa surgir, utilizamos dele(s) e dela(s).

Exemplos:
A professora informou ao aluno que a sua resposta estava errada e logo fez a correção. (A resposta da professora ou do aluno?);

A professora informou ao aluno que a resposta dele estava errada e logo fez a correção. (A resposta do aluno);

A professora informou ao aluno que a resposta dela estava errada e logo fez a correção. (A resposta da professora);

João já falou com seu supervisor. (Supervisor do João ou da pessoa com quem estamos falando?);

João já falou com o supervisor dele. (Supervisor do João).