Header Ads

LightBlog

ANÁLISE MORFOLÓGICA (12): numeral


Numeral é a classe de palavra variável (flexionadas em número e gênero) encarregada de determinar a quantidade de pessoas, objetos, coisas ou o lugar ocupado numa dada sequência. Em outros termos, o numeral é a palavra que indica, em termos numéricos, um número exato ou a posição que tal coisa ocupa numa série.

Classificação dos Numerais
Os numerais são classificados em cinco tipos, a saber:

Cardinais
Forma básica dos números (1, 2, 3, 4, 5…), as quais adjetivam uma quantidade, sendo que alguns deles variam em gênero, por exemplo: um-uma, dois-duas, alguns no grupo das centenas (duzentos, duzentas, trezentos, trezentas etc.).

Além disso, alguns números cardinais variam em número, como é o caso: milhão-milhões, bilhão-bilhões, trilhão-trilhões, e assim por diante.

Ordinais
Indica ordem de uma sequência, ou seja, representa a ordem de sucessão e uma série, seja de seres, coisas ou objetos (primeiro, segundo, terceiro, quarto, quinto…).

Importante destacar que alguns numerais ordinais possuem o valor de adjetivo. São palavras que variam em gênero (masculino-feminino) e número (singular e plural), por exemplo: primeiro-primeira, primeiros-primeiras; terceiro-terceira, terceiros-terceiras etc.

Fracionários
São os números fracionários que indicam a diminuição das proporções numéricas, ou seja, representam uma parte de um todo, por exemplo, ¼ (lê-se um quarto, um sobre quatro), ½ (lê-se meio ou metade, um sobre dois), ¾ (lê-se três quartos ou três sobre quatro).

Coletivos
Número exato que faz referência a um conjunto de seres, por exemplo, dúzia (conjunto de 12), dezena (conjunto de 10), centena (conjunto de 100), semestre (conjunto de 6), bimestre (conjunto de 2).

Os números coletivos sofrem a flexão de número (singular e plural): dúzia-dúzias, dezena-dezenas, centenas-centenas.

Multiplicativos
Relaciona um conjunto de seres, objetos ou coisas, dando-lhes uma característica, de forma que determina o aumento da quantidade por meio de múltiplos, por exemplo, dobro, triplo, quádruplo, quíntuplo etc. Os multiplicativos são numerais, flexionados em gênero e número quando atuam em função adjetiva, e, do contrário, são invariáveis (função substantiva).

Dessa forma, de acordo com sua função, os numerais podem apresentar valor de substantivo ou adjetivo, sendo classificados em:

Numerais substantivos: caracterizados pelos numerais multiplicativos, esses numerais podem substituir outros substantivos.

Exemplo: Fizeram o dobro do esforço e conseguiram o triplo da produção.

Numerais adjetivos: são os numerais cardinais, ordinais, coletivos e fracionários, os quais modificam o substantivo, indicando valor adjetivo.

Exemplo: Essa carne é de segunda (indica a qualidade da carne).

Emprego dos Numerais
Algumas regras são fundamentais para o emprego do numeral:

Todos os numerais concordam com o nome, exceto os numerais multiplicativos que sempre são masculinos, por exemplo, um-uma (cardinal), primeiro- primeira (ordinal), dobro e triplo (multiplicativo).

O uso dos artigos nos números fracionários é opcional, enquanto, os numerais multiplicativos geralmente vêm precedidos de artigos, por exemplo: o dobro e o triplo.

Quando indica dias do mês, utilizam-se os numerais cardinais, exceto na indicação do primeiro dia, feita pelo ordinal, por exemplo: 23/1 (vinte três de janeiro) e 1º/10 (primeiro de outubro).

Quando indica leis e decretos, o numeral ordinal é utilizado até o nono, depois são utilizados os cardinais, por exemplo, Artigo 9° (artigo nono), Artigo 10 (Artigo 10).

No caso da utilização de numeral romano, a regra básica: depois o substantivo é empregado o numeral ordinal até o décimo e posteriormente, utiliza-se os números cardinais. Antes do substantivo, é empregado o numeral ordinal, por exemplo: João Paulo II (segundo), Capítulo XI (onze).

A palavra ambos (as) é considerado por muitos gramáticos como numeral uma vez que indica, “os dois” ou “as duas”, por exemplo: Joana e Beatriz adoram andar. Ambas gostam de caminhar ouvindo música.

Numerais Romanos
Os números romanos são representações numéricas utilizadas para indicar séculos, capítulos e páginas de livros, horas dos relógios, nomes dos papas e reis, dentre outros. São representados por letras maiúsculas, num total de 7 numerações: I (1), V (5), X (10), L (50), C (100), D (500), M (1000).

Veja o manual que orienta como utilizar os números em textos.