Header Ads

LightBlog

Quando usar haviam ou havia?


O verbo haver é impessoal quando está no sentido de existir. Ou seja, não admite sujeito. Neste caso, é invariável (não flexionado) e conjugado na terceira pessoa do singular, explica Sabrina Vilarinho.

Vamos aos exemplos:
Não houve candidatos suficientes para este concurso.
Havia muitas pessoas para fazer a prova do concurso.
Há dez dias não como carne vermelha.
Haverá alguém que possa ajudar-me!

O verbo haver como impessoal pode surgir ainda na locução verbal. Seu auxiliar irá acompanhá-lo e será conjugado também na terceira pessoa do singular:

Vamos aos exemplos:
Deve haver uma forma de resolver esse processo.
Deve haver formas de resolver esse processo.
Os desentendimentos que possam ter havido entre os dois, cabe a eles resolver.

Contudo, quando o verbo haver é que faz o papel de auxiliar e tem valor equivalente a ter, será conjugado de acordo com o sujeito:

Vamos aos exemplos:
Nas minhas férias, hei de ir para a praia.

Eles haviam sido visitados por todos da família.
Eles haviam encorajado minha irmã a ir para o exterior.

IMPORTANTE!
O verbo existir faz concordância verbal normal, ou seja, com o sujeito.

Vamos ao exemplo:
Não existiram candidatos suficientes para este concurso.