Header Ads

LightBlog

Quando devemos usar afora junto e a fora separado?


Vamos entender de uma vez por todas a diferença entre essas duas palavras homófonas (palavras pronunciadas de forma igual, mas escritas e utilizadas de formas diferentes).

Afora
Afora é um advérbio que é muito mais utilizado do que a fora e assume o mesmo significado de para o lado de fora (representando espaço) ou ao longo (representando tempo).

Vamos aos exemplos:
Ela saiu brava pelo portão afora.
(afora = para o lado de fora).

Leu livros noite afora.
(afora = ao longo da noite, indicando tempo).

Paulo viajou pelo país afora.
(afora = espaço percorrido, indicando espaço).

Ele sofreu daquela mesma dor anos afora.
(ao longo dos anos, indicando tempo).

Ela viajou o Brasil e também o mundo afora.
(em algum lugar, indicando lugar).

Saltou desesperado o carro afora.
(afora = para o lado de fora).

A palavra afora pode também ser utilizada como preposição, com o mesmo sentido de à exceção de, além de ou de outras preposições.

Vamos aos exemplos:
Afora Júlia, todos da família estavam no jantar de Natal.
(afora = exceto, de menos).

Compareceram à aula preparatória todos os alunos, afora alguns convidados.
(afora = além de).

A fora
A fora é uma locução adverbial (a + fora) e acontece com menos frequência que a palavra afora. Nesse caso, a palavra assume o sentido de oposição a dentro, como em de dentro a fora (oposição a dentro), ou o sentido de extensão, como de fora a fora.

Vamos aos exemplos:
Dedetizou a casa de dentro a fora.
(a fora = oposição a dentro)

Procurou o seu chinelo em todos os lugares, de dentro a fora de casa.
(a fora = oposição a dentro)

Construiu um muro, de fora a fora, ao redor do imóvel.
(a fora = ideia de extensão)

Na dúvida de quando usar afora ou a fora lembre-se sempre do sentido que a palavra está assumindo dentro da frase e só depois escreva. Vale ressaltar que sempre a palavra adentro se escreve junto. Ou seja, a dentro está incorreto.