Header Ads

LightBlog

Chuva causa estragos em igreja do século 19 na Chapada Diamantina

Foto: Will Assunção/JUP

A chuva rápida e intensa que caiu em Jussiape, município na região da Chapada Diamantina (BA), causou vários estragos e deixou vários pontos da cidade alagados, além de invadir prédios no centro da cidade na tarde do último sábado (20). O temporal durou aproximadamente 47 minutos.

Na Praça Rodrigo Alves Teixeira, no centro da cidade, a água casou danos na parede de uma igreja do século 19. A Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde teve sua lateral esquerda comprometida pela força da chuva. Parte da parede do prédio cedeu deixando exposta a estrutura da arquitetura religiosa portuguesa datada de 1863.

Até o início da manhã deste domingo (21), a comunidade providenciou uma proteção até que os reparos fossem feitos no local atingido pela chuva. Uma lona foi providenciada para impedir que a água da chuva penetrasse na estrutura do prédio secular.

A construção da Igreja Nossa Senhora da Saúde remete ao final do século 19, entre os anos de 1863 a 1866, erguida com mão de obra escrava. O prédio de arquitetura religiosa portuguesa está localizado no Centro Histórico de Jussiape. A primeira missa com a presença da imagem de Nossa Senhora da Saúde foi celebrada pelo padre Paranhos, no dia 2 de fevereiro de 1866.

Segundo relatos, o altar da igreja foi vindo diretamente da Ilha da Madeira, pertencente a Portugal, e foi esculpido em cedro. Doado pelo Major José Joaquim da Silva Junior.