Header Ads

LightBlog

Quando acentuar palavras separadas por hífen?

Veremos que formas verbais unidas por hífen a pronomes são consideradas palavras distintas para efeito de acentuação gráfica.

Exemplos: amá-la-íamos e amá-lo-á são três palavras; puni-lo, bani-lo e concluí-lo são, portanto, duas palavras, explica o professor José Maria da Costa, que segue explicitando:

Para saber se amá, puni, bani e concluí têm acento gráfico, o primeiro a se fazer é dividi-las em sílabas: a-má; pu-ni; ba-ni; con-clu-í. Em seguida, deve-se verificar qual a sílaba mais forte de todas essas palavras: a-má; pu-ni; ba-ni; con-clu-í. Como, em todas elas, a sílaba tônica é a última, dizemos que todas são palavras oxítonas.

Após esse raciocínio, anota-se que recebem acento gráfico as oxítonas terminadas por a(s), e(s) e o(s). Assim: jacá, café e avô recebem acento gráfico; mas não se acentuam saci e tatu. Com essas observações se vê que se acentua amá, mas não puni nem bani.

Em adição à regra genérica de acentuação das oxítonas, todavia, se a palavra ainda não tiver motivo para receber acento gráfico, deve-se ver se ela tem em si um ditongo (dois sons vogais na mesma sílaba, como em cha-péu e á-gua) ou hiato (dois sons vogais que se encontram na palavra, mas se acham em sílabas distintas, como em vo-o e ma-nu-al). No caso analisado, vê-se que há hiato em con-clu-í.

Percorrido esse caminho, vê-se que há uma regra de hiatos, segundo a qual todo i ou u tônicos, seguidos ou não de s na mesma sílaba, receberão acento gráfico, se formarem hiato com a vogal anterior. Assim: sa-í, sa-ís-te, sa-í-da, ba-ú, ba-la-ús-tre, sa-ú-de. Mas não sa-ir nem Ra-ul.

No nosso caso, con-clu-í se encaixa exatamente nessa regra. Por essas razões é que, no caso da consulta, escreve-se puni-lo, bani-lo e concluí-lo.