Header Ads

LightBlog

Após chuvas na região, Duas Ilhas se transforma em paraíso dos banhistas

Banhistas encontram na Duas Ilhas diversão neste verão Foto: Will Assunção/JUP

O Contas é um dos mais extensos rios do Estado da Bahia, cortando vários municípios de uma importante região turísticas do estado e do país, a Chapada Diamantina. O Rio das Contas, em Jussiape, se tornou uma das melhores opções para quem quer aproveitar o verão neste início de janeiro.

Nos últimos anos, mesmo com as cheias esporádicas, a vazão do sistema Duas Ilhas não permanece por mais de uma semana. Muitos atribuem à evasão do volume da água às bombas, que irrigam plantações de maracujá ao longo das margens do Contas. Outro fator que pode estar agravando a situação do rio é o assoreamento, já que, praticamente, não existe mais mata ciliar às margens do rio.

Embora a Duas Ilhas seja ideal para quem deseja praticar esportes aquáticos, relaxar com a leitura de um livro, marcar um piquenique com os amigos, passear com a família, fotografar uma bela paisagem ou até mesmo aproveitar o pôr do sol, os visitantes têm encontrado lixo e até embalagens de agrotóxicos – o que oferece um sério risco á saúde dos banhistas e de quem consome a água -, provenientes da monocultura de maracujá, às margens do rio.


Acima da barragem, muitos banhistas optam pela profundidade e pelo grande volume água concentrado pelo sistema. Há também quem prefira se deliciar com a queda d’água, natural entre os grandes lajedos, em uma das margens do rio.

O melhor horário para cair nas águas do Contas é logo no início da manhã, entre as 8h e 10h e, logo mais tarde, entre às 16h30 às 18h, quando o sol já está mais baixo e os frequentadores podem apreciar um pôr do sol ainda dentro d’água.

Nesta semana, o fluxo de visitantes tem aumentado a procura de um lugar onde possa se refrescar de um calor que chega a 28ºC. A própria população é atraída pelas correntes das águas que caem do sistema de abastecimento do município. No entanto quem pretende se banhar no atrativo deve prestar atenção nas pedras em diversas partes do rio.

Quando a vazão é menor, as pedras formam piscinas naturais, próprias para crianças e famílias se deliciarem com o banho. Há quem aprecia saborear o calor do sol no fim de tarde nas próprias rochas que formam o ambiente.

Para os amantes da fotografia, o Contas é o lugar perfeito para a prática desta arte, já que o ambiente propicia uma deslumbrante vista da natureza e do próprio poder do homem sobre o meio ambiente. Quem decidir relaxar com a leitura de um livro em um lugar sossegado, ou apreciar a calmaria do fim da tarde, a indicação é chegar às 17h30.

SEM CHUVAS
Mesmo sem pancadas de chuva satisfatórias no município, o Rio das Contas ganhou um novo volume após as fortes e constantes chuvas que caíram na região nos últimos dias. Na última sexta-feira (5), a Barragem Duas Ilhas, um dos principais cartões postais da cidade, aumentou drasticamente a sua vazão, em consequências dos temporais que caíram na região.

Apesar do tempo abafado, acompanhados de raios e trovões, apenas pancadas rápidas de chuva caíram sobre o município nos últimos dias. No entanto a previsão é de tempo nublado com possibilidade chuva para este fim semana, segundo o Instituo Nacional de Meteorologia (Inmet). Jussiape deve registrar máxima de 28ºC e mínima de 18ºC nas madrugadas dos próximos dias.