Header Ads

LightBlog

A personagem ou o personagem?

Acabamos de nos deparar com o que podemos chamar de evolução linguística, que acaba provocando uma confusão: o substantivo personagem, que é exclusivamente feminino, é cada vez mais – sobretudo no Brasil – tratado como um comum de dois gêneros. Ou seja, uma palavra invariável que pode ser masculina ou feminina.

É preciso ser um conservador vitoriano para, em pleno século 21, condenar o uso do substantivo na forma masculina. O vocábulo vem do francês personnage – e, portanto, descendente do latim persõna, que significa máscara de ator, personagem teatral.