Header Ads

LightBlog

Qual o texto mais antigo da Língua Portuguesa?


Provavelmente o “Notícia de Fiadores”, de 1175. Considerado o registro mais antigo da Língua Portuguesa, o texto foi escrito, na verdade, em uma versão bem arcaica do português atual, o galego-português. A primeira frase é Noticia fecit pelagio romeu de fiadores. Ou, traduzindo para o português do século 21, Pelágio Romeu informa aqui seus fiadores. Agora, a pergunta que nos resta é: quem, afinal, foi Pelágio Romeu?

Texto Original
Noticia fecit pelagio romeu de fiadores Stephano pelaiz .xxi. solidos lecton .xxi. soldos pelai garcia .xxi. soldos. Güdisaluo Menendici. xxi soldos /2 Egeas anriquici xxxta soldos. petro cõlaco .x. soldos. Güdisaluo anriquici .xxxxta. soldos Egeas Monííci .xxti. soldos [i l rasura] Ihoane suarici .xxx.ta soldos /3 Menendo garcia .xxti. soldos. petro suarici .xxti. soldos Era Ma. CCaa xiiitia Istos fiadores atan .v. annos que se partia de isto male que li avem

Versão modernizada
Pelágio Romeu lista aqui seus fiadores: para Pedro Colaço, devo dez contos; para Estevão Pais, Leitão, Paio Garcia, Gonçalo Mendes, Egas Moniz, Mendo Garcia e Pedro Soares, deve vinte contos; para João Soares, trinta contos, e para Gonçalo Henriques, quarenta contos. Agora estamos em 1175, e só daqui a cinco anos vou ter que pagar esses patrícios!