Header Ads

LightBlog

Edilando diz que Éder não contrata e que ‘está sobrando para o bolso’

O vereador peemedebista Edilando Brandão Foto: Will Assunção/JUP

O vereador Edilando Brandão (PMDB) continua causando polêmica com os seus pronunciamentos na Câmara de Vereadores de Jussiape. Na sessão da última sexta-feira (1º), o peemedebista disse que “o atual prefeito é cínico”. Brandão também acusou o gestor de perseguir cidadãos jussiapenses.

Na fala de Edilando, Éder Jakes (PMDB) teria recebido determinação de 90 dias do promotor Millen Castro para contratar novos funcionários. Segundo o vereador, o contrato seria de dois anos, que poderia ser prorrogado. “É o chamado acordo. Este acordo não foi feito. Está sobrando para o bolso”, disse.

O peemedebista, que faz oposição ferrenha ao governo de Éder Jakes, disse que “o prefeito mente tanto que não tem coragem de participar de nada em Jussiape”, ao se referir à ausência do prefeito nos eventos realizados na cidade.

FOGOS
Após a rejeição das contas de 2015 do governo Bel ser comemorada com fogos de artifício, Edilando aproveitou a ocasião para dizer que, assim como os “capachos” do prefeito estão celebrando, ele fará questão de comemorar o julgamento das contas do governo Éder da mesma forma.