Header Ads

LightBlog

Câmara aprova Orçamento para 2018 por 6 votos a 2

Os vereadores da oposição José Roberto e Edilando Brandão, ambos do PMDB Foto: Will Assunção/JUP

 A Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2018, com valor estimado em R$ 23,2 milhões, foi aprovada no Plenário da Câmara de Vereadores de Jussiape nesta terça-feira (5), por 6 votos a 2, em uma sessão extraordinária.

Votaram a favor do projeto, já com um novo parecer, votado apresentado e votado nesta sexta, que estabelece um total de 80% para o remanejamento de créditos suplementares do Orçamento, os vereadores, tríplice que forma a bancada do PRP, Juscelino Carvalho, Joacira Marques e Vanusa Medrado; Fredson Muniz (PSDB); Jadiel Mendes (PSD) e Raul de Cássio (PDT).

Já os que votaram contrário ao projeto da LOA estão os vereadores do PMDB, José Roberto e Edilando Brandão.

IMPASSE
Na sessão da última sexta-feira (1º) foi votado e aprovado o parecer com uma emenda modificativa, que limita de 80% para 40% o remanejamento de créditos suplementares da Lei Orçamentária Anual (LOA), emitido pelo relator da Comissão de Educação, Saúde e Serviços e Obras, o vereador José Roberto.

No entanto após constar modificação na LOA, o presidente da Câmara Jadiel Carvalho preferiu não colocar em votação o projeto de lei e submeteu o parecer ao plenário, que decidiu pela reprovação do próprio parecer, criando um novo impasse.

A assessoria jurídica da Câmara opinou para que o projeto de lei fosse votado, mas após ser questionado pelo vereador José Roberto, o presidente decidiu convocar uma sessão extraordinária para esta terça e nomear um novo relator para, em seguida, votar o orçamento.

O projeto prevê, para o próximo ano, a estimativa de um investimento de R$ 23,2 milhões para pagamento de despesas e investimentos, que serão distribuídos entre os poderes Legislativo e Executivo.