Header Ads

LightBlog

Após chuvas, estradas que dão acesso a povoados de Jussiape ficam intransitáveis

Após chuvas, estradas ficam intransitáveis Foto: Divulgação

Após as constantes chuvas que têm caído na região antes de iniciar o verão, as estradas que dão acesso à Bananeira, Lagoa do Barro e Tamboril, ficaram intransitáveis, relatam moradores de povoados de Jussiape, que foram atingidos recentemente por intensas pancadas de chuva. “Estamos cercados de estradas intransitáveis”, conta Micaelly Marques, professora do Colégio Rodolfo de Abreu, formada em Educação Física e residente de Caraguataí, distrito de Jussiape.

“Pela estrada que dá acesso ao povoado Tamboril, existem, praticamente, crateras em determinados locais, o que torna quase impossível a passagem”, completa. E inteira ao afirmar que pela estrada, no trecho entre a comunidade de Engenho Velho e Cachoeira, no período chuvoso forma praticamente um lago no meio do percurso.

No último dia 30, ao retornar da escola em que leciona, Micaelly Marques afirma que com apenas uma chuva fraca, o ônibus não conseguiu passar, o que fez com que crianças, de mais ou menos seis anos de idade, andassem um percurso de, aproximadamente, 3 km por uma estrada deserta. “E como fica a proteção e segurança dessas crianças? Isso sem contar os vários dias que estudantes perderam aulas, pelo mesmo motivo”, questiona.

“Estamos esperando que as autoridades municipais tenham uma atitude digna com a população. Estamos cientes que o período é chuvoso, mas, da forma que as coisas estão, estamos sujeitos a grandes riscos, espero que ninguém adoeça, porque, se caso acontecer, e as vias públicas permanecem em situação de abandono como estão, infelizmente, não terá nem como ter socorro, e determinados casos exigem urgência. Espero que fiquem lúcidos e vejam a situação”, finaliza.

PREFEITURA
A Prefeitura reconhece que existe um problema de drenagem na estrada que liga a comunidade do Paixão e da Cruz a Caraguataí. E informa que enviará máquinas já na segunda-feira (11). Já na estrada da Cruz, o serviço, que é maior, pois envolve cascalhamento completo, deverá ser feito posteriormente. “Estou esperando terminar a manutenção da caçamba e da pá carregadeira para iniciarmos o trabalho, espero começar antes do Natal. Os mecânicos que virão fazer a manutenção virão na terça, e os pneus da caçamba já foram encomendados”, afirmou o prefeito Eder Jakes.

“Infelizmente, o nosso maquinário é reduzido e para piorar encontramos todos sem manutenção, sem falar nas estradas que se encontravam em igual situação”, finaliza o gestor.