Header Ads

LightBlog

Evite o câncer da falácia (senso comum, achismo)


O que seria um texto argumentativo com conclusão, em decorrência de proposições plausíveis, pode não sê-lo por conta do produtor do texto que, por razões diversas, escamoteia o raciocínio e incorre, portanto, em falácias.

A falácia é resultante de vários fatores, entre eles:

1. Ignorância da questão: a pessoa desvia do assunto que está em discussão. Tal falácia é muito vista em debates políticos.

2. Círculo vicioso: consiste em dar à causa da declaração a própria declaração, como neste exemplo:
João morreu pobre porque não tinha dinheiro.

3. Falsos axiomas: consiste em dar argumentos a partir de verdades aparentes, como máximas, provérbios ou pensamentos.

Em um texto argumentativo é muito importante que os argumentos possuam embasamentos sólidos, ou seja, que eles sejam construídos a partir do conhecimento prático da ciência. Para tanto é preciso buscar com profundidade informações reais e relevantes, que condigam com o cenário observado.