Header Ads

LightBlog

Peemedebistas José Roberto e Edilando Brandão rompem com governo Éder Jakes

Os peemedebistas José Roberto e Edilando Brandão Foto: Will Assunção/JUP

Já no primeiro dia da retomada dos trabalhos do Legislativo após o recesso, o prefeito de Jussiape Éder Jakes (PMDB) se defronta com uma nova oposição fortalecida na Câmara. Até então, o prefeito mantinha a Casa alinhada a sua gestão sem maiores obstáculos.

Na manhã desta sexta-feira (4), os vereadores José Roberto e Edilando Brandão, ambos do PMDB, romperam com Éder Jakes, que compõe a mesma sigla da nova oposição. O fato foi tratado com exclusividade pela coluna #assuntasó da Jussi Up à véspera do anúncio do rompimento.

As especulações que rondam os bastidores do Legislativo dão conta de que é possível que mais vereadores venham a compor a nova oposição liderada pelo peemedebista José Roberto. O motivo do rompimento foi, segundo o próprio José Roberto, o modo questionável como o prefeito vem conduzindo a administração.

Na sessão repleta de polêmicas, o novo líder da oposição prometeu um capítulo à parte ao transporte escolar do município. Em seguida, o vereador questionou o fato da folha de pagamento constar funcionários de outros municípios, e não de Jussiape, em tempos de crise. José Roberto questiona ainda o atendimento recebido pela população e pelos vereadores na Prefeitura.

O peemedebista aproveitou a ocasião para fazer uma série de críticas e sugestões, além de pautar outras questões que atingem diretamente o município, como a agência do Banco do Brasil, fechada desde dezembro de 2016.

Após as declarações de José Roberto, o vereador Edilando Brandão anunciou o seu rompimento com o governo Éder e afirmou que o papel do vereador vai muito além de ser situação ou oposição.

Assista à cobertura do Versão de Bastidores sobre o rompimento