Header Ads

LightBlog

“Foi colocado papel na maca”, denuncia vereador sobre precariedade na Saúde de Jussiape

Casa de Saúde Ana Medrado Luz Foto: Will Assunção/JUP

A série de críticas e questionamentos ao governo Éder (PMDB) continua ganhando as sessões plenárias na Câmara de Vereadores de Jussiape. Na última sexta-feira (11), o vereador Edilando Brandão, também do PMDB, questionou como a Saúde tem sido tratada por Éder.

“A saúde daqui está à mercê”, disse o vereador ao questionar o modo como a gestão do peemedebista vem conduzindo a Casa de Saúde Ana Medrado Luz, o único hospital do município. “O cobertor não tinha, foi colocado papel na maca”, completa Edilando Brandão. “E sabe qual foi o recado que eu recebi?”, indaga. “Nós temos lençóis, só vamos colocar no dia de inaugurar”, completou.

Como profissional da área de Saúde, Edilando, que possui formação como técnico de enfermagem, faz com que sua crítica seja pautada no atendimento médico na cidade. “Falo e repito: o puxadinho nunca acaba”, disse ao se referir à Casa de Saúde que, segundo o vereador, tem perdido bons médicos por conta da administração. “Eu quero uma Saúde melhor, uma Casa de Saúde melhor, onde o meu povo seja tratado respeitosamente”, pontuou Edilando.

O vereador expôs também a precariedade da gestão Éder com alguns funcionários da Saúde. “Para para pensar na humilhação que está acontecendo: pega um pacote de café, divide em dez pacotinhos, aí o funcionário tem que assinar que ele recebeu aquele pacotinho de café. E, se sobrar, tem que assinar que sobrou [sic]”, finaliza.