Header Ads

LightBlog

Éder deverá perder força na Câmara com nova oposição fortalecida já na volta do recesso

Éder Jakes Foto: Will Assunção/Jussi Up Press

Logo no primeiro dia da retomada dos trabalhos do Legislativo após o recesso, o prefeito de Jussiape Éder Jakes (PMDB) deverá enfrentar uma nova oposição fortalecida na Câmara. Até então, o prefeito mantinha a Casa alinhada a sua gestão sem maiores obstáculos. Mesmo com três vereadores da mesma sigla a qual pertence, a partir das próximas sessões o prefeito deverá adotar novas estratégias.

O plenário deverá se dividir já na primeira sessão, que acontece nesta sexta-feira (4) com a adoção por parte de alguns vereadores de posturas distintas à da base aliada.

A queixa entre vereadores, alguns deles prestes a romper com o Executivo e formar uma nova frente oposicionista, é a de que o prefeito não atende a demandas públicas importantes e adota uma conduta questionável, duramente atacada durante a campanha eleitoral, em 2016, por partidos adversários.

Fontes informaram à coluna #assuntasó da Jussi Up que um dos nomes cogitados para liderar a oposição contra o peemedebista é o do vereador José Roberto, também do PMDB. A informação exclusiva da Jussi Up deve gerar novas articulações à véspera do retorno às atividades na Câmara de Vereadores. 

Ainda no início da tarde desta quinta-feira (3), uma fonte ligada ao Legislativo afirmou à Jussi Up que é possível que mais vereadores adiram à oposição ao longo das próximas semanas; inclusive vereadores que antes constituíam os pilares do governo Éder.