Header Ads

LightBlog

Comissão deve ser formada para tentar reabrir única agência bancária em Jussiape


Uma comissão formada por diferentes setores da sociedade deverá ser criada para tentar acelerar o retorno das atividades bancárias na cidade. Fechada desde dezembro de 2016 após um assalto que comprometeu a sua estrutura, a falta da única agência bancária em Jussiape reflete negativamente nos índices econômicos do município.

Segundo o vereador Edilando Brandão (PMDB), a comissão será formada por quatro membros, entre eles um representante do Legislativo, do Executivo, do comércio e da sociedade civil. Um abaixo-assinado corre pela cidade para reunir nomes e exigir o retorno das atividades da agência.

E um encontro no início do mês, que reuniu vereadores, comerciantes, empresários, imprensa e um funcionário do alto escalão do Executivo, o prefeito de Jussiape Éder Jakes (PMDB) estabeleceu um prazo de 30 dias para o Banco do Brasil se posicionar sobre a agência na cidade.

Na ocasião, Éder afirmou que o seu gabinete entraria em contato com instâncias superiores no dia seguinte para discutir sobre o assunto. Em último caso, o prefeito não descarta a retirada da folha de pagamento dos funcionários da Prefeitura da instituição financeira.

Na última sessão plenária da Câmara de Vereadores, na sexta-feira (11), o vereador José Roberto (PMDB) cobrou do prefeito uma resposta sobre o posicionamento do Banco do Brasil, já que Éder iria tratar do assunto pessoalmente em uma viagem a Salvador.